CineOrna

TOP NEWS
QUEM SOMOS

FOUNDER/EDITOR-CHEFE

Kelvyn Kaestner Lima, 28 anos, profissional de marketing.

Kelvyn é formado em Marketing, e pós graduado em Marketing Internacional e Cinema. Formou-se em Cinema Digital pelo Centro Europeu em 2007, e pela Cinemateca de Curitiba em 2009. Sua paixão pela sétima arte começou na infância, além de assistir muitos filmes (a maioria Clássicos Disney), produzia com amigos e primos seus próprios curtas, gravados na câmera Panasonic de VHS que ganhou de seu avô aos 11 anos de idade. Para ele sorrir e se interessar basta soar “Walt Disney”, seja pela boca de alguém, num livro ou na TV, mas se for na telona, favor não importuná-lo nas próximas 2 ou 3 horas. Disney é tão importante para ele que realizou diversos trabalhos acadêmicos sobre a empresa, sua cultura, marketing e sobre seus filmes, incluindo duas monografias. O cinema faz parte da vida de Kelvyn, suas admirações e os sonhos giram em torno da sétima arte e o CineOrna precisou existir para que a vontade de discutir e informar sobre o que se passa na frente, ou não, das câmeras, fosse suprida.

COLUNISTAS

 

Gabriel Lisboa, 30 anos, fotógrafo.

Formado em fotografia e prospecto estudante de jornalismo, Gabriel adora filmes clássicos, daqueles antigos mesmo, escrever e ainda sonha em ter seu próprio blog e por lá mostrar suas maiores paixões, cinema, literatura e moda. Admirador eternos do estilo de Paul Newman, James Dean, Marlon Brando, e claro Clark Gable. Sente que nasceu na época errada, a ideal seria os grandes anos 50.

Henrique Pezzini, 18 anos, estudante.

Estudante de teatro e amante de cinema, Henrique sempre sonhou em trabalhar no ramo artístico e sua paixão por filmes e séries o levaram aos lugares onde se encontra hoje. Seu amor pela literatura e pela escrita foram os principais influenciadores de sua busca por escrever sobre suas paixões, e a oportunidade de trabalhar no CineOrna apenas aumentou esse amor. Através de críticas, colunas e matérias sobre séries Henrique consegue aumentar ainda mais sua admiração por essa tão incrível parte da sétima arte. Viciado em “Breaking Bad” desde o berço, um entusiasta sobre novidades nesse mundo, e além disso, ele comemora todos os dias o tão merecido Emmy de Sarah Paulson.

Maiara Tissi, 26 anos, cineasta.

Criadora e editora-chefe do site Funny Girl, Maiara é formada em Cinema e trabalha com jornalismo de cultura e entretenimento desde 2010. Residente em São Paulo, suas grandes paixões são o cinema e o teatro, embora também não resista a um bom livro e seja levemente viciada em seriados de televisão. Criava histórias em sua cabeça aos dois anos de idade enquanto acreditava estar lendo os quadrinhos da Turma da Mônica e tinha seus VHS da Disney como seu bem mais precioso. Hoje em dia, está em dúvida se Netflix é a melhor ou pior coisa que apareceu em sua vida e ainda não superou o fim das locadoras de vídeo. De qualquer forma, continua a respirar e transpirar conteúdo audiovisual como e onde for.

Thaíssa Falcão, 23 anos, jornalista.

Thaíssa é formada em Comunicação Social/Jornalismo e trabalha com mídias sociais e produção de conteúdo para internet. Os filmes sempre fizeram parte da sua vida (principalmente os clássicos da Pixar e as comédias românticas), mas sempre de forma secundária. Depois de entrar na faculdade, além de se aprofundar em temas de produção de conteúdo, moda e estilo de vida, ela aproveitou para investir em resenhas de livros e filmes. Esse gosto por passar informação e dar sua opinião sobre filmes a fez entrar para o CineOrna, onde agora fala sobre os últimos lançamentos do mundo cinematográfico.

Thiago Cardoso, 27 anos, produtor audiovisual.

Dizer que Thiago (Plano Extra) é apaixonado por cinema não basta, uma vez que vive inspirado nos grandes filmes que tem como favoritos e sempre de ouvidos em uma boa trilha do Hans Zimmer no iPod. Tem formação técnica em Produção de Áudio e Vídeo (IFPR) e recém-formado em Cinema e Audiovisual pela UNESPAR (FAP/CINETVPR), é editor freelancer e começou no CineOrna como crítico de filmes em 2013 e daí não parou mais, tendo perto de 300 críticas espalhadas pela Internet. Para ele, criticar não se resume apenas a “falar mal” dos filmes, mas apresentar ideias muitas vezes implícitas aos olhos do espectador e que revelam uma arte que nunca se cansará de nos fascinar. Sonha em levar seus próximos roteiros de curtas e longas para as telonas e, assim, inspirar mais e mais pessoas.

++Veja Mais: Conheça a história do CineOrna

Internet Group

© Cine Orna 2011-2017, Todos os direitos reservados.